Arrume a casa para o final do ano


Pintar uma única parede da sala ou fazer a aplicação de uma textura é algo simples e que causa grande impacto
Os últimos meses do ano representam o período de maior aquecimento nas vendas de material de construção e demanda por mão de obra, especialmente porque as pessoas aproveitam o 13º salário ou simplesmente porque querem a casa impecável para as festas de final de ano.
Para que tudo corra bem, planejamento é essencial. A arquiteta e gerente de operações da Praquemarido, Rosemeire Albuquerque, dá dicas sobre como planejar reformas e como fazer mudanças rápidas para renovar o ambiente.
Pinturas de paredes, com correção de imperfeições com emassamento e lixamento, troca de revestimentos e troca de pisos estão entre os serviços mais procurados na Praquemarido no final do ano.
“O ideal é que tudo seja planejado com antecedência, mas se a decisão for tomada em cima da hora é possível optar por serviços menores, mas que tem um grande efeito estético”, afirma a arquiteta.
Toque de cor: Pintar uma única parede da sala ou fazer a aplicação de uma textura é algo simples e que causa grande impacto. A dica da arquiteta é investir em cores que estão em alta na decoração, como os tons de azul ou de amarelo.
Outra opção para mudanças rápidas é apostar nos papéis de parede ou outros tipos de revestimento. “O mercado oferece uma infinidade de cores, texturas e ilustrações como desenhos geométricos ou florais que garantem um visual muito charmoso.”
Ambiente mais amplo: Outra mudança que garante um visual totalmente diferente é a integração de ambientes, especialmente de salas e cozinhas ou quartos e banheiros. A arquiteta explica que é necessário estudar cada caso, para checar a viabilidade do projeto, mas a integração de espaços garante um ambiente que valoriza a integração entre as pessoas.
“Fim de ano é uma época em que a cozinha costuma ser o ambiente mais importante da casa e cada vez mais as pessoas valorizam as oportunidades de cozinharem em família. Mas antes de sair derrubando paredes é preciso avaliar uma série de elementos. Os revestimentos e a pintura dos dois ambientes, por exemplo, precisam combinar ou ser complementares.”
Piso novo: O trabalho de colocação de piso sobre piso, como no caso dos laminados de alta pressão, que podem ser colocados em cima do piso frio, podem ser feitos rapidamente.
Porem, é preciso prestar atenção se esta troca não estimulará a realização de outros serviços, como a pintura das paredes. “Quando se coloca um piso novo no ambiente, manchas e imperfeições das paredes acabam se sobressaindo. As pessoas precisam então estar preparadas para ampliar o orçamento e o período da reforma.”
Planejamento sempre
“As pessoas costumam aproveitar o 13º salário para gerar menos parcelamento e começar o próximo ano com menos dívidas. Além disso, elas também aproveitam as férias para terem tempo de acompanhar a obra mais de perto”, explica a arquiteta.

Mesmo assim é preciso ficar atento para que futuros gastos, como o IPTU e o IPVA, que acontecem logo no início do ano, não sejam comprometidos por conta da utilização do 13º.
Rosemeire orienta que a contratação  de um profissional qualificado também é essencial para evitar surpresas e gastos extras. “Qualquer reforma requer a ajuda e a orientação de um profissional qualificado para que a pessoa consiga atingir o melhor resultado, dentro do orçamento e do prazo planejado”.
Faça um cronograma de sua obra: O primeiro passo em toda obra é fazer um cronograma que servirá como um roteiro. Nele  devem conter informações como prazos, quantidade de materiais, ordem dos serviços e custos. Seguir o cronograma é indispensável.
Planeje o orçamento para o caso de imprevistos: Imprevistos sempre podem acontecer, portanto procure sempre ter um dinheiro extra, além daquele que será utilizado na obra.
Economize na hora de comprar materiais: Calcule a quantidade exata de materiais de construção que serão utilizados na obra, pois esta é uma forma de evitar o desperdício. 
O aquecimento do setor no final do ano traz um reajuste nos preços dos produtos, desde os materiais básicos, como cimento e areia até produtos hidráulicos e elétricos e materiais para acabamentos. Por isso antes de comprar qualquer  material é essencial realizar pesquisas de mercado e comparar preços junto aos fornecedores.
Vá comprando aos poucos: Procure comprar os materiais aos poucos, conforme a finalização de cada etapa da obra. Desta forma, não irá acarretar no acúmulo nem desperdício de material. Todo material comprado deve ser armazenado em local fresco e longe de umidade.
Contrate mão de obra qualificada: Procure sempre contratar mão de obra qualificada de empresas especializadas, pois com a ajuda de profissionais é possível evitar o desperdício e possíveis dores de cabeça.
Faça apenas o planejado: Mudanças geram mudanças. Portanto cuidado para que entre uma reforma ou outra você não acabe mudando o que não estava dentro do planejado.
Além de gastar a mais, você pode acabar se perdendo no projeto, correndo o risco dele não sair conforme o planejado. Deixe o que não é prioridade para depois.
Fonte: tribunadabahia.com.br
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s