Decoração de apartamentos pequenos e compactos


Pequenos espaços… Grandes dilemas?


Não mais! Podemos dizer que atualmente é a solução!

Ultimamente imóveis de metragens reduzidas têm sido bastante disputados entre um público muito específico e crescente. Com o ritmo acelerado do mercado imobiliário em 2010, é grande a possibilidade de a população adquirir um imóvel com a finalidade de moradia ou mesmo para investimento. A atual facilidade dos financiamentos imobiliários tornou possível o sonho da casa própria. Os imóveis de dois e três dormitórios lideram as vendas e, de acordo com os especialistas, dentro dos próximos cinco anos a demanda continuará nesse mesmo ritmo.
Os solteiros, geralmente executivos, os jovens casais ou famílias em formação são o público-alvo. O jovem é o principal comprador de imóveis das metragens de até 80m2. A classe C foi beneficiada e agora tem tudo a seu favor. As pessoas querem morar e trabalhar no mesmo bairro para evitar grandes congestionamentos. A solução? Buscar o famoso pacote padrão: segurança, boa localização, de preferência perto dos metrôs, e o conforto que seu bolso pode pagar.
Após a aquisição do imóvel vem a preocupação de como transformá-lo em um local atraente e acolhedor. A decoração desses pequenos espaços deve ser compatível com o morador, pois as pessoas jovens gostam de ambientes modernos, contemporâneos, despojados e econômicos.
Estamos em pleno século XXI e não devemos seguir muitas regras de decoração. O que prevalece é o bom senso, a praticidade e, principalmente, a liberdade de estilos. Afinal, somos seres humanos diferentes e podemos inventar e reinventar do nosso jeito o local onde vamos morar. Por que não?
O importante é organizar, otimizar e buscar a funcionalidade. Aproveitar cada milímetro do imóvel, uma vez que espaço é o que falta. É importante reservar um cantinho da casa para receber parentes e amigos, e este local deve conter o mínimo de parafernálias, objetos e adornos. Quem disse que uma casa decorada precisa estar abarrotada de objetos sem uma finalidade específica?
Evite o excesso de mobiliário e a poluição visual. Deixe o living o mais livre possível, deste modo os convidados podem se esparramar sem tirar da ordem e você poderá ficar mais tranquilo quando estiver em uma reunião. Seja prático! Poucos móveis, mas que sejam de boa qualidade para quem está começando, é uma boa pedida!

Fonte: Design by Andreas Charalambous

Recursos ilusionistas precisam ser utilizados e cada milímetro deve ser muito bem aproveitado. Todos os cantinhos e paredes que normalmente são ignorados agora pedem uma função.


                                     Fonte: Design de Mili Pereira                                                         
Fonte: Design de Mili Pereira

Faça um painel de fotos numa parede do corredor. Tornará sua casa mais alegre e atraente. Existem no mercado algumas tintas magnéticas que permitem o uso de imãs. Você poderá substituir as fotos quando desejar. Além de ser um recurso barato, esse detalhe funcionará como um display e mostrará aos visitantes o que e quem é importante em sua vida.

Fonte: http://www.daphnedlightdesigns.com

Alguns truques de design serão necessários para fazer com que pequenos espaços pareçam maiores do que são na realidade. Espelhos são muito bem-vindos e ampliam qualquer ambiente. Uma parede revestida com espelhos em alguns pontos estratégicos refletem a luz vindo, ou a imagem da parede oposta, proporcionando a sensação de amplitude. Porém, cuidado com os exageros, a última coisa que você quer é que sua casa fique over, não é mesmo?

Fonte: Design de Mili Pereira

O contraste das formas, do moderno com o antigo, pode dar bons resultados. Neste caso, a cabeceira de cama de forma triangular e os espelhos quadrados dão um grande visual à parede deste dormitório. Dependendo da forma e da disposição dos espelhos, eles podem criar espaços energéticos ou serenos e relaxantes.

Fonte: Design by Michael Moeller

Para adicionar a sensação de surpresa ao espaço, brinque com as cores, as texturas e com os móveis como se fossem verdadeiras esculturas. Ao mesmo tempo em que são funcionais, eles devem ser bonitos e duráveis. Neste caso, a integração dos espaços é fundamental.

Fonte: Design by Lori Dennis


Fonte: Office Makeover by Songflyer


Fonte: Design by Kristin Barker

Meu conselho: pesquise bastante antes de comprar. Faça um planejamento das prioridades e divida seu projeto de decoração por etapas. A otimização é importantíssima quando se trata de espaços reduzidos. Por último, respeite sempre o quesito organização.

Caso tenha dificuldade, consulte um profissional. Ele poderá ajudá-lo a sanar eventuais dúvidas e com certeza você ganhará tempo, e o mais importante: fará uma bela economia. Boa sorte!


Fonte: WebCasas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s